maternidade e trabalho
O 20 março 2018

Jornada Dupla: a missão de cuidar da casa e do trabalho

*Por Fabiany Lima

Foi-se o tempo em que o papel da mulher era cuidar dos filhos e da casa. Ainda que o machismo esteja muito presente no dia-a-dia, cada vez mais vemos mães que não desistem da carreira profissional ou até empreendem depois do nascimento dos filhos. Porém, é praticamente certo que essas mulheres tenham que adotar uma jornada dupla. Ou seja, trabalham fora de casa e ainda precisam cuidar de afazeres domésticos.

Uma pesquisa de 2014 do IBGE revelou que 88% das mulheres ocupadas realizam tarefas domésticas, enquanto esse percentual é de apenas 46% para os homens. Além de evidenciar o machismo, esses números mostram que é preciso que os homens (principalmente na figura do pai) também assumam a “jornada dupla” e ajudem nas tarefas de casa.

Como se não bastasse, ainda existe uma terceira missão importantíssima: dar atenção às crianças. Eu sei que, em meio a tanto trabalho, o cansaço é grande e às vezes pode até faltar paciência. Porém, conversar e estar presente na vida do seu filho é essencial para estreitar laços e ajudar em sua educação.

A principal dica para conciliar tantos afazeres está na organização. Defina uma rotina e divida o seu horário de acordo com as tarefas que precisam ser realizadas. Procure se concentrar em cada etapa e respeite seu próprio planejamento. É provável encontrar dificuldades no começo, mas quando isso se tornar um hábito, tenha certeza que tudo ficará mais fácil.

Outro ponto interessante é deixar as crianças participarem da sua rotina. É claro que elas não podem viver grudadas em você e nem te acompanhar no trabalho. Mas você já pensou que pode conversar com elas enquanto passa roupas ou cozinha, por exemplo? Aos poucos, conforme os filhos forem crescendo, eles também podem ajudar nessas tarefas enquanto vocês batem um papo.

Lembre-se de usar a tecnologia ao seu favor. Se não podemos estar com nossos filhos toda hora, ao menos temos aplicativos que podem facilitar a comunicação – dependendo da idade das crianças, claro. Trocar mensagens, fotos e ligações pode ser uma maneira de manter a relação mais frequente e próxima.

Acima de tudo, saiba encontrar os limites do seu corpo e da sua mente. De nada adianta conseguir manter uma jornada dupla se você não estiver feliz ou o desgaste físico estiver te prejudicando.

Neste sentido, não tenha medo de pedir ajuda se não estiver se sentindo confortável. Você não é uma mãe melhor ou pior se consegue ou não gerenciar as diversas tarefas e obrigações que a vida impõe. Tenho certeza que existem pessoas ao seu redor que podem ajudar de alguma forma na execução dessas tarefas.

De fato, não é fácil manter uma jornada dupla, ainda mais em um mundo muito mais sobrecarregado para mulheres do que para homens. Porém, nunca duvide de uma mãe: temos a incrível habilidade de nos desdobrar e fazer acontecer!

*Fabiany Lima é mãe de Gêmeas, escritora de livros infantis e criou o aplicativo Timokids, que oferece livros e jogos socioeducativos com ilustrações em 3D narrados e legendados em 4 idiomas e que estimula a interação da família.

Acesse grátis nossos jogos e histórias e ensine seu pequeno brincando!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *