blog2
O 16 setembro 2015

Histórias Socioeducativas!

Nas prateleiras das bibliotecas e nas abas dos navegadores da internet, existe algo em comum: o livro e, independentemente de ser um livro com folhas ou um on-line, todos eles carregam uma historinha e objetivo.

Diversos contos infantis, fábulas e histórias infantis para crianças são narrados em suas páginas e em suas entrelinhas, acontecem a moral da história. Como a Chapeuzinho Vermelho, que nos adverte o perigo de falar com estranhos, ou então os Três Porquinhos, descrevendo o trabalho duro, como o que vale a pena no final. Mesmo com boas morais, os contos de fada não são histórias socioeducativas, as que tem como princípio o desenvolvimento social da criança!

Fábulas, como os dois citados, usam de animais que agem como seres humanos para ilustrar um preceito moral, diferente de histórias socioeducativas que indicam a lição que se quer apresentar, com situação bem reais, mesmo com o uso de animais que falam.

As histórias socioeducativas, servem de material para apoiar o professor e os papais, ilustrando os problemas do cotidiano infantil com uma abordagem divertida e assim, envolvida por educação, contribuir de maneira positiva para a formação da personalidade da criança.

O ensino utilizando meios lúdicos, como o celular ou tablet, que fogem ao tradicional, também são boas e novas ferramentas para o ensino infantil. As telas são atraentes e carregam entusiasmo, motivação, concentração entre outros aspectos durante a leitura virtual, mantendo uma relação de conhecimento eficiente no processo de aprendizagem.

O livro socioeducativo virtual, apresenta uma conexão maior com a faixa etária do seu público-alvo, e conforme o que quer ensinar proporciona: expressão linguística, tanto escrita, quanto oral, já que existe narração; percepção visual dos detalhes, palavras, cores e ilustração; percepção auditiva dos sons das palavras e a entonação com que são ditas, além de organização e orientação temporal e espacial (em duas e três dimensões).

Os livros infantis são extremamente necessários para o desenvolvimento intelectual das crianças, sendo essenciais até mesmo antes da alfabetização. Ao iniciar o “ritual” de contação de histórias, os pais começam a estimular a imaginação, a concentração, o raciocínio, além do vocabulário. Já nos primeiros anos escolares, o livro vai ajudar no aprendizado da escrita e da leitura, no entendimento da sociedade e das relações afetivas e também na absorção de conhecimentos gerais.

Um bom exemplo de livro socioeducativo, você encontra no aplicativo para família Timokids!  Lá existem 29 títulos diferentes, abordando temas como: valores; vaidade; beleza nas diferenças; respeito ao próximo; pequenas atitudes que fazem diferença; importância da leitura e educação; pensamentos sustentáveis; ciúmes; amizade entre diversos assuntos do dia-a-dia infantil. Tudo pensado para ser uma plataforma que ensina cidadania para crianças, comportamento social para crianças, diverte e forma nossas crianças para uma sociedade melhor!

Além disso, nossas historinhas podem aproximar os papais e professores dos pequenos com facilidade, já que a abordagem simples de temas do cotidiano, ou até mesmo temas mais polêmicos que os pais tenham certa dificuldade em conversar com os pequenos, ajuda a construir um diálogo saudável dentro de casa.

 

Baixe o Timokids Grátis em seu celular e tablet:

http://timokids.com.br/ios.html

http://timokids.com.br/android.html

http://timokids.com.br/windowsphone.html

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *