A-grávida-de-cada-signo
O 19 junho 2017

6 cuidados que você precisa ter na gestação

Talvez você já suspeite: menstruação atrasada, um pouco de enjoo. Será que está aparecendo uma barriguinha? Se você não estava tomando precauções, é bem possível que sim, você esteja grávida! É a partir da quarta semana de gestação, quando os testes de gravidez já se tornam eficientes, que a maioria das mulheres descobre estar esperando um filho.

Com o fim do primeiro mês, as gestantes começam a sentir os sinais de mudança no corpo. Afinal, lá dentro, uma nova vida está sendo gerada. Por enquanto, ele não é maior que uma semente. Aliás, é quase um grãozinho de areia. Mas o embrião já está se desenvolvendo.

A quarta semana de gestação é só o início da gravidez. Enquanto os primeiros planos começam a ser feitos ― menino ou menina? Qual será o nome? E o enxoval?

O começo da gestação é uma fase muito delicada, e toda cautela com a saúde é pouca. Preparamos alguns cuidados básicos que são muito importantes nessa fase. Vamos acompanhar?

1. Inicie o pré-natal

Você já tem um obstetra? Peça indicações aos amigos e parentes para encontrar um médico de sua confiança. Você precisará, agora, iniciar o acompanhamento da gestação, entrando em uma rotina de exames. Será importante consultar seu médico sobre qualquer mal-estar ou suspeita de algo errado.

2. Abandone bebidas e cigarros

Ao descobrir sua gravidez, abandone imediatamente cigarros e bebidas alcoólicas! Está mais  que comprovado que drogas comprometem o desenvolvimento do feto, além de aumentarem as possibilidades de um aborto espontâneo.

3. Só utilize medicamentos indicados

A automedicação pode ser um risco enorme! Até mesmo aqueles remedinhos para dor de cabeça – como analgésicos e antitérmicos – só devem ser utilizados com recomendação médica!

4. Reduza o consumo de cafeína

Suspeita-se que a cafeína aumenta as taxas de partos prematuros, além de afetar o desenvolvimento do feto. Taxas baixas, porém, não oferecem maiores riscos. De qualquer forma, reduza o consumo não apenas de café, mas também de refrigerantes e chás (principalmente o preto).

5. Tenha cuidados com a malhação

Atividades físicas são sempre positivas, correto? Errado! Atividades de alto impacto podem oferecer riscos à gestação. Não só nos primeiros meses, mas durante toda a gravidez, é importante buscar orientação médica sobre que tipos de exercícios podem ser realizados. Claro, algumas atividades serão inclusive recomendadas.

6. Alimente-se bem

Alguns nutrientes são ainda mais importantes no primeiro trimestre de gestação. Inclua, em sua dieta, alimentos que são fontes ricas em:

Ácido Fólico

Feijão, vegetais de folha verde-escura, lentilhas e grão-de-bico. Muitas vezes recomenda-se, inclusive, o uso de suplementos (consulte o médico para saber se é seu caso). O ácido fólico ajuda a prevenir diversas doenças neurológicas que podem ocorrer durante a formação do feto.

Complexo B

Encontradas em peixes, ovos e cereais integrais, as vitaminas do complexo B são importantes na formação do sistema neurológico do embrião. Além disso, a vitamina B6 pode ser uma aliada contra enjoos.

Cálcio, ferro e zinco

Nutrientes fundamentais para a formação do bebê e a saúde da mãe. Mais encontrados em carne, leite e derivados. Gestantes com dieta vegetariana devem ter cuidado redobrado e procurar médicos e nutricionistas para montar seu cardápio.

Fibras

Consumir fibras e manter uma boa hidratação ajudam a manter o bom funcionamento do intestino, que é afetado pela gravidez. Cereais integrais são a melhor pedida.

A partir da quarta semana de gestação a mulher se sentirá, de fato, entrando na gravidez. E, além de todos os cuidados, precisará conhecer seu corpo e sua saúde para entender como melhor preservá-la. Lembre-se sempre: o acompanhamento médico é fundamental.

E você? Está passando por essa experiência? Ou já viveu esse período e tem outra dica para compartilhar? Conte pra gente aqui nos comentários!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *